Blogs Interlogis
por: Fernando Sobral

O Projeto: Transferência do Centro de Distribuição da MILLI LINGERIE, e desenho de novo layout e suporte a implantação considerando o melhor modelo de operação.


A Solução: O projeto identificou a melhor forma de recebimento, estocagem, separação dos pedidos e envio dos produtos aos pontos de utilização, considerando as pretensões da MILLI LINGERIE. Uma das necessidades foi a de elevar a mercadoria entre pavimentos. Isto gerou a solução apresentada ao lado projetada pela INTERLOGIS.


O Carrinho: Considerou-se diferentes possibilidades de carrinho, como rolcontainer, carrinho plataforma convencional, paletes, transpaleteiras etc. Porém, todas apresentavam limitações. O rolcontainer foi projetado para movimentação com empilhadeira, porém suas rodas não eram adequadas para circulação em longo trajeto em calçadas, o que seria necessário para o abastecimento das lojas. Por outro lado o carrinho plataforma, que possuíam rodas adequadas não tinha como introduzir o garfo da empilhadeira. A Solução do carrinho plataforma com acesso ao garfo da empilhadeira desenha pela INTERLOGIS, possibilita a movimentação do um carrinho plataforma com elevação vertical através de uma empilhadeira.


Custo Frete - Item Seguros

Seguro é um item a parte nos custos do frete. Por um lado existe o seguro sobre a mercadoria, a qual está fora da nossa planilha de custos. Mas dependendo da forma que o frete está sendo negociado ele deverá constar na relação de custos do frete, sendo um item de grande peso.
O custo frete que estamos abordando está mais diretamente relacionado ao custo da operação, ou seja, do veículo. Considere que o custo frete de seguro do veículo envolve o cavalo de tração e a carroceria. A somatória dos valores é bastante elevada e precisam ser considerados.

As ofertas de Seguro

O comum no mercado é a Cobertura Básica, ou seja de Colisão, Incêndio e Roubo/Furto.
Além deste temos as Garantias Adicionais, que podem ter diversos itens, ou seja desde Acidentes Pessoais por Ocupante (APO) até mesmo Indenização por perda de faturamento.

Coberturas Básicas

Como Coberturas Básicas temos:
Colisão e Incêndio
Garante a indenização quando houver danos decorrentes de colisão, incêndio, além de prejuízos causados por inundação, alagamento ou queda acidental de qualquer objeto sobre o veículo.

Custo Frete - Seguros
Leia o Artigo:

Custo Frete - Seguros

Baixe a Planilha:


Frete - IPVA






















Baixe a Planilha:


Planilha de Frete - IPVA

Planilha de Custos Frete – Item IPVA e Seguro Obrigatório


Um dos itens que deve ser considerado na composição de custos do frete é o IPVA. Junto a este imposto existem as taxas como o DPVAT e TRLAV. Saiba como estes custos contribuem na composição dos custos de frete.

O que é IPVA - Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores,


IPVA é a sigla de Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, que é um imposto estadual com o objetivo de arrecadar dinheiro sobre os automóveis das pessoas, independe de qual tipo de veículo for.

O IPVA é um imposto que somente os Estados e o Distrito Federal têm competência para instituí-lo, não poder ser uma obrigação do Governo, a arrecadação é feita por cada estado, sendo que 50% do total arrecadado é destinado ao próprio estado, e a outra parte pertence ao local onde o veículo foi registrado. A alíquota do IPVA varia em cada Estado, e é determinado por base em cada governo, e seus próprios critérios.

Frete - IPVA

Custo Frete - Depreciação do Caminhão


Os Bens Patrimoniais, devido ao uso e pelo desgaste natural ao longo do tempo, sofre desvalorização de seu valor original, a qual se denomina “depreciação”.

A depreciação é a diminuição do valor dos bens tangíveis ou intangíveis, por desgastes, perda de utilidade por uso, ações da natureza ou obsolescência.

Com exceção de terrenos e alguns outros itens, os elementos que integram o ativo permanente tem um período de vida útil limitado. Dessa forma, o desgaste ou obsolescência desses bens devem ser registrados em conta própria, a fim de apresentar o verdadeiro valor dos ativos fixos nas demonstrações elaboradas pela contabilidade.


Depreciação

Baixe a Planilha:

Depreciação do Veículo



Veja a Matéria:


Depreciação do Veículo

Baixe a planilha: 

Custo Motorista












Veja o artigo:
Custo Motorista

Custo Frete item Motorista:

O custo do motorista é o maior custo fixo do frete e vem daí a sua relevância e motivo de um estudo bastante aprofundado. Com a Lei 12.619/10 que impõe alongamento de prazos de entrega e reajustes no frete seu peso passa a ser ainda maior.
Considerando que o custo frete é composto de Custos Fixos e Custos Variáveis, podemos avaliar o custo do motorista como fixo, variável ou misto:
  • Custo fixo = Quando o motorista é assalariado, ou seja, ganha por mês.
  • Custo variável = Se ela receber por viagem, ou entrega.
  • Custo Misto = Se ela receber uma parte do seu trabalho em salário e uma parte por viagem (ou entrega) realizada.

Nesta nossa publicação intitulada: Motorista: Cálculo dos custos de Mão de Obra do Motorista com encargos e benefícios; apresentamos o modelo de custos com variações de tipo de veículo que será operado e quais os modelos de carta para estas operações. No modelo de cálculo disponibilizado consideramos o motorista como custo fixo.
Só para um pequeno balanço, na nossa série de publicações relativas ao CUSTO FRETE, já elaboramos e disponibilizamos para o nosso público as seguintes Planilhas:
  • Custo Frete: item PNEU (transferências).
  • Custo Frete: item PNEU (distribuição urbana).
  • Custo Frete: item Combustível.



Custo Motorista

O Custo Oportunidade


Definição: Segundo o Wikipedia: O custo de oportunidade é um termo usado em economia para indicar o custo de algo em termos de uma oportunidade renunciada, ou seja, o custo, até mesmo social, causado pela renúncia do ente econômico, bem como os benefícios que poderiam ser obtidos a partir desta oportunidade renunciada ou, ainda, a mais alta renda gerada em alguma aplicação alternativa.

O Conceito de CUSTO DE OPORTUNIDADE

O custo de oportunidade é um entendimento crucial para as decisões que tomamos diariamente. Basicamente consiste em abrir mão de gerir nossos negócios para executar outras tarefas, como organizar o próprio almoxarifado, que poderia te trazer alguns benefícios.

Custo Oportunidade, vantagem absoluta e a vantagem comparativa.

Imagine que para gerenciar sua empresa, você ganhe R$ 30.000,00 por mês. Considerando encargos e benefícios o seu valor hora é aproximadamente de R$ 400,00.

Digamos que você precise rever suas operações logísticas internas. Para você fazer a autogestão do serviço gastará cerca de 160 horas. Ou seja, o preço final da sua gestão será de R$ 64.000,00.

Se você contratar um consultor em logística, por sua experiência ele levará perto de 200 horas. Considerando que um consultor pratique um salário mensal metade do seu o preço final será de R$ 40.000,00. Ou seja, sua economia será na casa dos 30% do valor de trabalho que você mesmo faria.

Frete - Custo Combustível

Baixe a Planilha:Planilha Custo Oportunidade






Veja o Artigo:

Custo Oportunidade

Baixe a Planilha:

Frete Combustível














Veja o Artigo:

Frete - Combustível
Os 6 melhores blogs que apresentam as possibilidades de controle de combustível.

Nosso foco é a redução de custos logísticos.

Estudos demonstram que 1/3 dos custos de frete são combustíveis. É importante também que se diga que os custos de frete representam 59% dos custos logísticos. Não controlar o custo do frete é desperdiçar as oportunidades de ganhos e competitividade empresarial.

Por isso, o foco da INTERLOGIS está na composição dos custos do frete. Já elaboramos e disponibilizamos para o nosso público a Planilha de Custo Frete item PNEU. Outras planilhas serão publicadas como:
1 Depreciação do Veículo: Conceito e Composição dos Custos;
2 Custo oportunidade: Faremos considerações sobre os custos oportunidades;
3 Motorista: Cálculo dos custos de Mão de Obra do Motorista com encargos;
4 IPVA/Seguro Obrigatório: Taxas obrigatórias e sua contribuição nos fretes;
5 Seguro do Veículo: Considerações sobre os diferentes Seguros Envolvidos;
6 Manutenção Preventiva: Tipos e programas de Manutenção e Custos
7 Administração: Custos indiretos que devem ser cobertos pelo frete
8 Lavagem: Assepsia e custos da higienização das caçambas.
11 Óleo: Recomendações e Composição dos custos de combustível
12 Manutenção Corretiva: Recomendações e Composição dos custos
Esse conjunto de Planilhas servirá para a composição do Custo Total Frete. Colecione e compartilhe, essa é a nossa contribuição para competitividade dos nossos custos no mercado brasileiro.

Vejam os Blogs que encontramos:

Frete - Combustível

Contribuição dos custos dos Pneus no Custo Frete e Dez dicas para sua empresa economizar com pneus.

O foco da Interlogis – Planejamento das Operações Logísticas tem sido sistematicamente a busca pelo menor custo para o melhor nível de serviço logístico.

Por vezes isto se dá na logística interna. Neste caso desenvolvemos estudos das operações nos Centros de Distribuição e Almoxarifados, nas operações de Cross Docking, indicando os equipamentos mais adequados para o tipo de operação.

Muitas vezes estudamos a Logística Externa. Seja a logística de Entrada ou como a de Distribuição, envolvendo estudo de localização e frete. Tudo isto dentro de um grande espectro. Seja relativa à modal, tabela de frete, avaliação dos fornecedores, e sistemas de Gestão como os TMS.

Buscando contribuir para mercado logístico vamos estamos elaborando 12 planilhas que no conjunto serão elementos para o cálculo do custo de frete. Sendo elas:

1 Depreciação do Veículo: Conceito e Composição dos Custos;

Frete Pneus
Baixe a Planilha:
Frete Pneu










Veja o Artigo:

Frete Pneus

Almoxarifados
Almoxarifados e Centro de Distribuição
Ideias de economia de custos & Estratégia de Armazenagem

As vinte estratégias de armazenagem apresentadas podem ajudá-lo a reduzir ou cortar custos do armazém, aumentar a capacidade de estocagem (fator de estiva), além de melhorar os níveis de serviço em seu armazém ou centro de distribuição.

Estes pontos têm como objetivo para identificar suas necessidades e potenciais melhorias de processos, layout e uso do espaço, a produtividade do pessoal, sistemas e análise de frete feito sob medida.

Na Interlogis temos muitos casos de sucessos na redução do custo final, com o aumento da capacidade de armazenamento dentro do centro de distribuição, a redução de carga de entrada e saída, melhorando os níveis de serviço e tempos de resposta.

Veja algumas estratégias:

1. A avaliação comparativa - Um programa de determinação de benchmarks internos irá reduzir o custo por ordem de separação ou manter os custos praticados, mas operando com maiores volumes.

Almoxarifado


Perdas em logística

Tudo aquilo que é desperdiçado ou extraviado na cadeia de produção pertence ao mundo das perdas. Vivemos num mundo que o desperdício é tão freqüente que até parece que nós nem nos importamos com ele.

Ficamos perplexos com a possibilidade da falta de água ou de energia elétrica aqui no país das maravilhas. Uma divulgação maior da necessidade de economia trouxe uma diminuição dos gastos em uma quinta parte. Isto é uma parcela muito significativa na demonstração do descaso com aproveitamento dos recursos.

Perdas em logística
Perdas em Logística

Terceirização do Parque de Empilhadeira
Sinais de que você precisa de ajuda para terceirização de áreas em Logística

Os custos dos produtos são basicamente os custos logísticos. Os custos de: - pessoas e máquinas, para plantar, coletar, transportar, armazenar e distribuir.

Trabalhei para uma empresa que distribuía água em garrafões 20 litros retornáveis. A empresa possuía uma fonte em Lindóia, região de excelente de água mineral.

Junto ao portão da fonte existiam bicas com a mesma água para quem quisesse encher seu garrafão. A água era grátis, pois não havia custos para a empresa.
Terceirização em Logística

Fifo ou Lifo

Para garantir um giro eficiente de estoque precisamos cuidar para que o primeiro produto que entrou no estoque seja o primeiro a sair.

Gestão de estoque e giro

Um aspecto relevante na gestão de estoque é o giro, ou seja, quantas vezes o mesmo item entra e sai do estoque em um determinado período.


Para as empresas quanto maior o giro maior a lucratividade. Dentre as vantagens de se ter um estoque com alto giro, podemos citar que o produto fica fresquinho na prateleira e o espaço necessário para armazenagem é menor.

First In, First Out

Mas para garantir um giro eficiente precisamos cuidar para que o primeiro produto que entrou no estoque seja o primeiro a sair. Desta forma, garantimos o FIFO, First In, First Out, ou seja, o PEPS o Primeiro que Entra é o Primeiro que Sai).


Fifo ou Lifo
Fifo e Lifo

Dez Motivos
Dez Motivos para contratação de uma Consultoria em Logística.

Motivo 1: Experiência em Planejar sempre e antes de tudo. Falhas no planejamento acarretam em re-trabalho, atrasos e desembolsos desnecessários. No Brasil se planeja mal e pouco. Pode-se dizer, que é a grande falha dos executivos que tem como sua maior característica sair fazendo. Nos países desenvolvidos, em um projeto de um ano planejam-se dez meses e executa-se em dois. Em muitas empresas brasileiras planeja-se dois meses e a execução demanda o resto do tempo.

Motivo 2: Experiência em Padronizar buscando sempre uma família de padrões. Além da padronização dos materiais da obra é muito importante a padronização dimensional. Da mesma forma que os planejadores devem buscar a padronização dos módulos de carga que possibilitam a melhor escolha dos equipamentos de movimentação dos materiais.


Porque contratar um consultoria