FIFO e LIFO

por Fernando Sobral

O que é FIFO e LIFO e para que isto serve.

Um aspecto relevante na gestão de estoque é o giro, ou seja, quantas vezes o mesmo item entra e sai do estoque em um determinado período.

Para as empresas quanto maior o giro maior a lucratividade. Dentre as vantagens de se ter um estoque com alto giro, podemos citar que o produto fica fresquinho na prateleira e o espaço necessário para armazenagem é menor.

First In, First Out.

Mas para garantir um giro eficiente precisamos cuidar para que o primeiro produto que entrou no estoque seja o primeiro a sair. Desta forma, garantimos o FIFO, First In, First Out, ou seja, o PEPS o Primeiro que Entra é o Primeiro que Sai).

Muitas vezes nos CDs, ou pontos de vendas, encontramos produtos vencidos por não ser levado em consideração o FIFO. É importante notar que a produção se dá por lote e, portanto, podem ter datas de vencimentos diferentes.

Aspectos contábeis

Em contabilidade, os conceitos se relacionam como os custos de compra que são alocados para vendas diárias. A lei exige que empresas de capital aberto tenham que escolher e ficar com um método de contabilidade específico. As pequenas empresas também podem se beneficiar na escolha de um dos métodos, ou seja, LIFO e FIFO sob a ótica de valorização de estoque. Isto é fundamental para calcular o passivo fiscal e pode ser usado para aumentar ou diminuir lucros reportados por uma empresa.

Circulação do estoque

Muitas empresas não consideram essa necessidade, pois os produtos não possuem data de validade, como por exemplo, ferramentas e peças plásticas. Porém circular o estoque minimiza o acúmulo de pós e vícios que podem prejudicar os produtos. Um caso muito comum é a alteração das embalagens de Papelão Ondulado que perde suas características de resistência com o passar do tempo, deixando um aspecto ruim ao produto, por vezes demandando a necessidade de reembalagem.

Validade é valor

Já os produtos perecíveis têm a administração do FIFO como diferença estratégica.

Muitas empresas alimentícias têm como meta colocar seu produto nas gôndolas do supermercado no seu primeiro terço da validade. Ou seja, se o produto tem 30 dias de validade até o décimo dia deverá estar exposto para o cliente final. No seu último terço de validade já começa o processo de promoção do produto.

Considerando que o processo de promoção reduz margem, podemos dizer que validade é valor.

Last In, First Out

Com isto temos empresas que colocam um preço diferenciado no LIFO Last In, First Out, ou UEPS o último que entra é o primeiro que sai. Ou seja, o ponto de venda quer receber do distribuidor o produto mais fresco que ele tem no estoque, formando assim outra estratégia. O produto LIFO possui um preço maior que o produto FIFO.

Nesta sopa de letrinhas, temos então um valor associado à data que o produto vence então a administração do estoque não é exatamente o primeiro produto que entrou, mas sim o primeiro produto que irá vencer. Conhecido como FEFO First Expired, First Out, ou seja, o primeiro a vencer será o primeiro a sair do estoque.

FEFO – First expired

O FEFO tem sentido quando um Centro de Distribuição recebe o mesmo produto de diferentes fornecedores. Por vezes, um fornecedor entrega o produto mais “velho” do que aquele que já está no estoque. Neste caso não cabe o FIFO e sim o FEFO.

O sistema de armazenagem pode facilitar o dificultar o controle do FIFO. Se o local do produto é fixo, muitas vezes esse endereço é abastecido repondo o retirado no local que ficou vazio, ou seja, na frente do produto. Os do fundo do endereço continuam no local de origem, e acabam perdendo o prazo de validade.

Fifo e equipamentos de armazéns

Dispositivos como Estruturas Dinâmicas, ou Flow Racks, são abastecidos pelo fundo e retirados pela frente, desta forma forçando o FIFO. Algumas estruturas como o Drive in, ou porta pallet de dupla profundidade, dificultam o FIFO, e por vezes tem seu uso vetado pelas empresas, quando o sistema WMS, (sistema de gestão do armazém), não consegue controlar de forma eficiente os estoques.

Diga-se de passagem, que o sistema de etiqueta EAN 13 não informa a validade do produto, exigindo códigos de barras bidimensionais para solução do problema.

Voltando ao ponto. Para solucionar o problema do giro e controle de validade, o ideal é que os locais de separação, com endereçamento fixo, possuam dois endereços, sendo que o reabastecimento se dê no endereço vago, e o WMS leve o operador fazer a pega sempre no endereço mais antigo.

Conclusão

Então, o FIFO e LIFO são termos são utilizados em logística e armazenagem, e servem para estabelecer à seqüência manuseio e transporte de produtos, além do controle de estoque e gestão contábil.

Baixe os e-books
Embalagem de Papelão Ondulado





















Organização de Estoque